segunda-feira, 22 de abril de 2013

Qualidade de Vida

A qualidade de vida é algo que eu não sei muito bem definir. Se me perguntassem à uns dez anos atrás, o que era para mim qualidade de vida eu diria que era uma conta bancária recheada para poder viajar, um automóvel topo de gama e um casa com arquitectura moderna com as últimas tecnologias, não importando os horários de trabalho, manhã, tarde ou noite, e o tempo (in)disponível para desfrutar de toda esta panóplia de objectos. Ora bem, tudo virado para os bens materiais.

Actualmente, não penso bem assim, os meus patamares de exigência em termos de bens materiais diminuíram, obviamente continuo a gostar de conforto. Neste momento, para mim qualidade de vida seria poder ir buscar os filhos à escola; levar os miúdos à piscina; nos primeiros dias de sol, ir, durante a semana, almoçar à praia; ir correr ao final do dia; chegar ao trabalho às dez da manhã; passear com a miudagem ao final da tarde; fazer um piquenique na praia; vir para casa e não me preocupar mais com o trabalho...

Tudo actividades simples que muitos de nós, só porque temos mais responsabilidades, um horário rígido para cumprir e ainda por cima o trabalho não fica lá no sítio dele, é transportado para casa, não as conseguimos realizar. Às vezes, parece-me, que as pessoas que têm um trabalho simples ou rotineiro, apesar de ordenados mais baixos têm melhor qualidade de vida do que aqueles que ganham um bocadinho acima da média e têm um trabalho cheio de responsabilidades, estando constantemente a ser pressionados pelos seus superiores.

Os primeiros têm menos stress, uma vida mais suavizada e podem dar-se à família e amigos, aprendem a gerir o pouco que ganham, em suma são mais felizes logo têm maior qualidade de vida. Os segundos têm mais dinheiro, podem mais facilmente comprar roupas e objectos caros, que dão alegria e suposta felicidade no momento da compra, mas que depois passa, não é algo que permaneça, que alimente o espírito. Podem ir jantar fora, viajar, mas são momentos tão efémeros, que quase não dá para retemperar energias, porque é feito num momento específico e não ao longo do ano. É tudo muito apressado. E para vocês? O que é a qualidade de vida? Como a definiriam? Enquadram-se nalguma destas visões? Ou nem por isso?

1 comentário:

  1. Spoooky... já dei por mim a pensar exactamente o mesmo...

    ResponderEliminar